Mancomunidad de Municipios Sostenibles de Cantabria

A “Mancomunidade” de Municípios Sustentáveis de Cantábria (MMS) é uma entidade local de carácter supramunicipal, criada no ano 2000, que promove a implantação nos 17 municípios que a integram (população total de 75.724 habitantes) de políticas de desenvolvimento local e territorial sustentáveis, implementando serviços e programas que, sob o princípio da igualdade de oportunidades, favorecem a empregabilidade e a participação cívica, pretendem conseguir e consolidar o desejável equilíbrio entre a actividade humana, o desenvolvimento económico e a protecção do meio-ambiente.

Actualmente a MMS executa o Plano de Acção 2011-2014 “Um Mesmo Esforço, Um Futuro Melhor”, redigido de forma participada no âmbito do processo de Agenda 21. Uma das ditas linhas estratégicas denominada “Acção perante as alterações climáticas” integra a estratégia da Mancomunidade perante as alterações climáticas e inclui o programa Adaptação as alterações climáticas.

A MMS participa também em diversas redes:

  • Regionais: Rede Local de Sustentabilidade de Cantábria (RLSC), Rede de Centros Sustentáveis (RECESO), Rede de Agentes para o Emprego e o Desenvolvimento Local (AEDL) ou Cantábria Empreendedora.
  • Nacionais: Rede de Redes de Desenvolvimento Local Sustentável, Rede de Cidades para o Clima, a Rede de Governos Locais para a Bio-diversidade; Rede TERRAE, Associação intermunicipal Territórios Reserva Agro-ecológicos.
  • Europeias: como a Campanha Europeia de Cidades Sustentáveis ou a Rede Civinet Espanha e Portugal.

A MMS na qualidade de chefe de fila do projecto realiza as actividades de coordenação e de gestão, bem como as relacionadas com a comunicação e o acompanhamento da mesma. Por outro lado trabalhará directamente no desenvolvimento da actividade: Laboratório para a implementação de medidas de adaptação as alterações climáticas em Espaços Naturais Protegidos da Cantábria.